Oásis Parque

4.8.17
Querem ver um sorriso de orelha a orelha nos miúdos? Então, levem-nos até às Galveias ao "Oásis Parque". É um complexo de piscina com dois escorregas. Pronto, podem dizer-nos que não tem a variedade de escorregas que outros, mas é suficiente para distrair os miúdos uma manhã inteira ou uma tarde. Pena que tenha poucas sombras,  não convidando a paassar lá o dia inteiro, mas o espaço está irrepreensivelmente limpo e o preço é muito em conta. Aconselhamos!



GPS
39º09'29.17"N
07º59'36.27"O

Coudelaria de Alter

11.5.17

Por ocasião da Festa do Cavalo, que se realiza anualmente em finais de Abril, em Alter do Chão, aproveitámos uma visita guiada e caminhada que a Alter Runners organizou à Coudelaria para revistarmos este espaço. Num mesmo local podem ver uma colecção de charretes, ainda hoje a uso, uma exposição de arqueologia, e o trabalho que a Coudelaria desenvolve na criação de cavalos "Alter Real", que se encontrava quase extinta na década de 40 do século passado.
A visita é sempre guiada em horário pré-definido, de manhã pelas 11 e à tarde pelas 15. Podem obter mais informações aqui.
Na Coudelaria podem ainda fazer uma aula de equitação ou de volteio. Aproveitam!



GPS
 39º13'20.18"N - 07º41'11.29"O



Para ver Avis de outra perspectiva...

9.5.17

Para tirar aquela fotografia que parece um postal ilustrado, tem que atravessar as pontes em direcção a Ponte de Sor e virar à esquerda, segue um caminho em terra batida até chegar às margens da albufeira.


GPS
 38º03'55.72"N - 07º54'07.11"O

Museu Interactivo do Megalitismo

18.4.17

De volta a Mora, desta vez porque fomos conhecer o Museu do Megalitismo. É um museu que pretende valorizar o património megalítico do Concelho e da região. O espaço museológico é um open space onde uma sucessão de placas de madeira em sucalcos simulam os estratos geológicos e as camadas de terra que é preciso remover para desenterrar muitos dos objectos que se encontram expostos. Depois de um breve filme sobre a vida no Neolítico, que consegue captar a atenção de uma criança de 3 anos, o visitante é convidado a circular entre os sucalcos de madeira e a conhecer diferentes aspectos da vida neste período histórico. Depois, as crianças e os adultos podem ainda testar conhecimentos e brincar na sala de actividades multimédias.

De volta a Avis, aproveitámos para dar a conhecer às crianças um monumento megalítico que fica à direita na Estrada Nacional 251, que liga Mora a Pavia. O Cromeleque das Fontaínhas não está completo, mas permite uma leitura à escala real de um monumento pré-histórico, associado ao culto dos astros e da natureza. Está classificado como imóvel de Interesse Público desde 1990, mas foi referenciado em 1985.






GPS
 38º56'49.09"N - 08º09'39.75"O


Parque ecológico do Gameiro

10.4.17

A Praia Fluvial de Mora localiza-se numa área que é conhecida como Açude do Gameiro. Neste local, pode efectuar um percurso pedrestre que se inicia numa plataforma de madeira com 1,5km ao longo das margens da ribeira de Raia. O percurso é circular e tem no total 5,5km, mas pode simplesmente fazer a parte da plataforma de madeira e voltar para trás até ao ponto de partida. É um local particularmente fresco, mas nos dias de maior calor organize os passeios para a parte da manhã. Boas caminhadas. 


GPS
38º57'15.29"N - 8º06'30.58"O

Fluviário - Mora

4.4.17

Sem vem passar uns dias a Avis, não deixe de fazer uma visita a Mora para visitar o Fluviário. Este equipamento que já comemorou 10 anos, dispensa apresentações. É um aquário dedicado aos ecossistemas de água doce, da sua diversidade, importância e relação com a humanidade. Pergunte a que horas são alimentadas as lontras porque não pode deixar de ver estes animais. No verão, o espaço está aberto até às 19 horas.
Se o dia estiver quente, aproveite a praia fluvial mesmo aqui ao lado para tomar banho. No verão, os chapéus de sol criam a sombra que falta e a praia é invadida de areia e toalhas. Ou então, pode levar as crianças só até ao parque infantil e ficar por ali a beber um café na esplanada.


GPS
38º57'20.58"N - 8º06'24.71"O

Centro de Interpretação da Batalha de Atoleiros

4.4.17

O Centro de Interpretação da Batalha de Atoleiros fica em Fronteira, a pouco mais de 24 km de Avis, é um espaço museológico que merece uma visita. Tendo como ponto de partida uma reprodução em tamanho real de um fresco do pintor Martins Barata com uma cena da batalha inicia-se o percurso expositivo. Sem recorrer aos objectos - documentos históricos ou achados arqueológicos - que costumam preencher os museus tradicionais, o centro consegue transportar-nos para o ano de 1384, quando D. Nuno Álvares Pereira com um pequeno exército alcança uma vitória histórica sobre as tropas Castelhanas. É um espaço que sabe cativar miúdos e graúdos! A não perder!

GPS
 39º03'08.04"N - 07º38'40.03"O